Google libera algoritmo que comprime JPEGs em até 35% sem perda de qualidade

O Google publicou em código aberto na semana passada um novo algoritmo de compressão capaz de reduzir o tamanho de imagens JPEG em até 35%, sem perda de qualidade visível.

Batizado de Guetzli, ou “biscoitinho” em Alemão, o novo encoder está disponível para desenvolvedores no Github e os resultados vem impressionando os usuários.

A iniciativa é similar ao algoritmo Zopfli, também publicado pelo Google, que comprime imagens PNG para reduzir o seu tamanho na web: nos dois casos, o navegador do usuário não precisa de qualquer tipo de plugin ou funcionalidade nova para exibir os resultados, uma vez que os arquivos comprimidos gerados são totalmente compatíveis com as especificações do formato. Em outras palavras, Guetzli pode ser implementado agora para reduzir o tamanho de todas as imagens de seu site, criando arquivos de maior qualidade mas que consomem menos banda.

algoritmo-jpeg

Segundo os pesquisadores do Google, o processo de compactação é mais lento que os encoders mais comuns na indústria, mas o resultado compensa o tempo extra: mesmo nos casos em que o ganho de tamanho foi pouco significativo, testes realizados com usuários reais constataram que as pessoas tendem a preferir a imagem comprimida com o Guetzli, elogiando sua qualidade.

“É nossa esperança que webmasters e designers gráficos irão achar o Guetzli útil e aplicá-lo para seu conteúdo fotográfico, tornando a experiência dos usuários mais suave em sites carregados de imagens além de reduzir o tempo de carregamento e os custos de banda para usuários móveis. Por último, nós esperamos que a nova abordagem explicitamente psicovisual no Guetzli vá inspirar futuras pesquisas de compressão de imagens e vídeos”, afirma o Google em seu comunicado oficial.

Queremos saber sua opinião