Google é processado por rastrear localização de usuários


Duas americanas processaram o Google nesta quarta-feira pelo rastreamento da sua localização através de seus smartphones com Android. As mulheres querem transformar o processo em uma ação coletiva e pedem US$ 50 milhões em danos, bem como uma ordem judicial para impedir a companhia de rastrear a localização dos usuários.

O Google admitiu nesta semana que dispositivos equipados com Android registram a localização dos aparelhos, mas um porta-voz da empresa afirmou que os dados são coletados de maneira anônima, sem serem relacionados a um usuário específico e que são apagados quando os usuários reconfiguram seus telefones.

Na semana passada, dois clientes da Apple também decidiram levar a companhia aos tribunais devido ao sistema oculto de rastreamento de movimentos dos usuários no iPhone e no iPad.

Com informações de Terra.