Google cria empresa para carros inteligentes

Os rumores desta manhã seria que o Google iria abandonar de vez seu projeto próprio de carros inteligentes para criar uma parceria com o setor automobilístico, apenas como fornecedora de conhecimento.

Mas a empresa acabou de anunciar que irá criar uma nova empresa para cuidar do desenvolvimento da tecnologia, batizada de Waymo.

A produção de veículos autônomos foi um dos mais famosos projetos paralelos do Google por seis anos, onde a gigante da tecnologia desenvolveria do zero tanto a parte de hardware quanto a parte de software e mesmo os componentes automobilísticos de um veículo capaz de se pilotar sozinho sem intervenção humana. Apesar de ser uma das pioneiras da iniciativa e uma das mais árduas defensoras deste futuro na estrada, especulava-se que a divisão não estava gerando rendimentos para a Alphabet e corria o risco de ser cancelada.

A partir de agora, a tarefa passa a ser assumida pela Waymo, de forma independente. O executivo John Krafcik, que estava à frente da divisão de carros de auto-condução dentro do Google, irá assumir a posição de CEO da nova empresa, que definiu como “um passo à frente na mobilidade”.

De acordo com o executivo, a criação da Waymo “é uma indicação da maturidade de nossa tecnologia. Nós podemos imaginar nossa tecnologia de auto-direção sendo utilizada em todo tipo de áreas”. Krafcik, que veio da Hyundai especificamente para trabalhar no antigo Google X, acredita que os carros inteligentes podem ser empregados “em viagens compartilhadas, em transportes, em caminhões, logística e até mesmo uso pessoal, transporte público e mais”.

Queremos saber sua opinião