Faturamento da Samsung despenca 30% com crise do Galaxy Note 7

O Galaxy Note 7 foi um desastre para a imagem e também para as finanças da Samsung: faturamento despencou 30% nesse trimestre em relação ao mesmo período no ano passado.

Apesar do prejuízo causado pelo recall e pelo encerramento da produção do smartphone, a empresa sul-coreana não desistiu da linha e confirmou que mantém o cronograma do Galaxy Note 8 para o ano que vem.

Segundo um relatório financeiro publicado na semana passada, a Samsung faturou no terceiro trimestre de 2016 cerca de KRW 5.2 trilhões (o equivalente a pouco mais de 14 bilhões de reais, na cotação de hoje), uma queda de quase um terço em relação aos KRW 7.3 trilhões faturados no terceiro trimestre de 2015. O relatório também não deixa dúvidas: a perda de faturamento da empresa foi motivado por problemas na divisão móvel, “devido ao encerramento do Galaxy Note 7”.

A Samsung prometeu aos acionistas e investidores que “em relação à divisão móvel, a empresa irá focar em expandir as vendasd de novos produtos de linha com design diferenciado e funcionalidades inovadoras, assim como em reconquistar a confiança dos consumidores”.

Anteriormente, a gigante sul-coreana já havia mencionado que haverá mesmo um Galaxy Note 8, ainda que não tenha chegado a uma conclusão sobre a causa das explosões do modelo anterior. Em seu pais natal, a Samsung já está inclusive oferecendo cupons de desconto para usuários do Galaxy Note 7 que garantirão um abatimento de até 50% no valor de compra do próximo phablet, embora não haja até agora uma data prevista de lançamento.

Queremos saber sua opinião