Facebook Spaces é investida da rede social na Realidade Virtual

Durante a conferência para desenvolvedores F8 iniciada no fim da tarde ontem, o Facebook anunciou sua primeira investida pesada na Realidade Virtual.

Com o nome de Facebook Spaces, o aplicativo permite que o usuário crie seu próprio avatar e converse e interaja com os avatares de seus amigos no mundo virtual.

Por enquanto, a novidade está disponível somente para usuários do Oculus Rift e a versão beta do aplicativo já pode ser baixada na loja do dispositivo. Quem puder desfrutar da novidade poderá gerar seu avatar automaticamente baseado em uma foto do seu perfil. A partir de uma conversa no Messenger ou dentro do próprio aplicativo, o usuário chama seus amigos para uma sessão de bate-papo em Realidade Virtual, onde pode conversar e interagir com objetos digitais. Confira o trailer:

De acordo com Rachel Franklin, diretora da divisão de Realidade Virtual do Facebook, “isso é o mais fácil que jamais foi de trazer o verdadeiro você para dentro da Realidade Virtual. Você está se conectando com outros de uma forma mais imersiva”.

Facebook Spaces é a consolidação de uma estratégia iniciada pelo Facebook lá atrás, quando comprou a Oculus pela soma de US$2 bilhões. No ano seguinte, Mark Zuckerberg entrou triunfante em uma F8 igual a essa onde todos os convidados usavam o headset de Realidade Virtual em um momento que se tornou histórico. Agora, três anos depois da compra, o resultado dessa estratégia começa a se materializar.

Resta saber se a rede social será mesmo a alavanca que irá tirar a tecnologia do nicho de um punhado de entusiastas e popularizar os mundos virtuais além das plataformas de jogos. Com os problemas jurídicos enfrentados pela Oculus recentemente e a própria decisão do Facebook de reduzir a disponibilidade dos testes do headset, o futuro ainda é uma incógnita.

Queremos saber sua opinião