Facebook publica guia contra notícias falsas em jornais no Reino Unido

O Facebook publicou nessa segunda-feira nos principais jornais do Reino Unido um guia completo sobre como se prevenir contra a proliferação de notícias falsas.

A rede social está preocupada com a disseminação de informações tendenciosas, rumores e boatos com a proximidade do período eleitoral, para evitar a epidemia que pode ter afetado o resultado das recentes eleições presidenciais nos Estados Unidos.

A empresa pagou uma pesada campanha publicitária de página inteira nos periódicos mais importantes, como The Times, The Guardian e o Daily Telegraph para alertar os eleitores. Embora o Facebook tenha adotado medidas mais rigorosas para coibir a disseminação de notícias falsas na linha do tempo dos usuários, tem investido também em um esforço de conscientização: “nós estamos fazendo tudo que pudemos para lidar com o problema”, afirmou Simon Milner, diretor de Política de Uso da rede social para o Reino Unido.

facebook-fake-news-guide

“A pessoas querem ver informações acuradas no Facebook e nós também”, completou o executivo. Como parte dessa mobilização, a rede social também fechou dezenas de milhares de contas falsas ativas na região que poderiam estar sendo preparadas para atuar durante o período eleitoral.

Além disso, a empresa fechou uma parceria com organizações autônomas para obter um suporte na identificação de conteúdo malicioso ou fraudulento. “Nós não podemos resolver esse problema sozinhos”, conclamou Milner. “Nós estamos apoiando analistas de fatos terceirizados durante as eleições em seu trabalho com as organizações de notícias, de forma que eles possam avaliar de forma independente fatos e histórias”, continuou o executivo.

As dez principais dicas para os usuários britânicos sobre como identificar uma notícia falsa podem ser aplicadas em qualquer lugar do mundo:

  1. Seja cético com manchetes
  2. Olhe atentamente para a URL
  3. Investigue a fonte
  4. Preste atenção em uma formatação incomum
  5. Considere as fotos
  6. Inspecione as datas
  7. Cheque as evidências
  8. Busque outras reportagens
  9. Pergunte a si mesmo: essa história é uma piada?
  10. Algumas histórias são intencionalmente falsas [satíricas]

Queremos saber sua opinião