Facebook desativou fórum interno anônimo após abuso

Segundo a revista Business Insider e o The Wall Street Journal, o Facebook mantinha internamente até o final do ano passado um fórum anônimo que teria sido desativado por abuso.

Chamado de FB Anon, o canal inicialmente servia como um espaço para críticas e desabafos dos funcionários, mas acabou invadido por postagens de conteúdo sexista, racista e ofensivo a indivíduos em particular.

De acordo com as fontes consultadas, o fórum chegou a ter centenas de membros ativos e as discussões que ocorriam ali se tornavam assunto nos corredores do Facebook. Logo após sua criação, o FB Anon se tornou uma espécie de portal para simpatizantes de Donald Trump durante a corrida eleitoral norte-americana, que se sentiam excluídos em uma empresa predominantemente Democrata ou alinhada com valores da esquerda.

Entretanto, as postagens publicadas no FB Anon, sob a sombra do anonimato fornecido pela ferramenta, descambavam para discurso de ódio, com publicações consideradas sexistas, racistas e opostas aos valores culturais da empresa. Há relatos que o fórum também era utilizado para incitar perseguição e assédio moral de determinados funcionários. As críticas levaram o Facebook a desativar permanentemente o espaço em Dezembro de 2016. Apenas três meses após o fechamento do FB Anon foi que Mark Zuckerberg explicou os motivos que levaram a direção a essa decisão.

Lori Goler, Diretora de Recursos Humanos da empresa, confirmou à imprensa que o FB Anon existiu e foi desligado. Para a executiva, embora “um dos pilares de nossa cultura seja a abertura”, o fórum estava em uma clara violação dos termos de uso do próprio Facebook, que determina que “as pessoas que usam o Facebook, incluindo nossos funcionários, precisam utilizar uma identidade autêntica em nossa plataforma”.

Queremos saber sua opinião