Experiência de Realidade Virtual de Alien: Covenant é perturbadora

Depois de fazer mistério sobre o que seria a experiência de Realidade Virtual que acompanharia o filme Alien: Covenant, a produtora Twentieth Century Fox revelou como será: nojenta.

“Alien: Covenant in Utero” não é pra quem tem estômago fraco e coloca o usuário dentro do ponto de vista de uma das criaturas no momento de seu nascimento, quando emerge violentamente do corpo do hospedeiro.

Com visão total em 360º, os fãs da franquia que baixarem o aplicativo poderão “experimentar o mundo ao seu redor, revivendo as primeiríssimas memórias do neomorfo em um ambiente imersivo”. Felizmente, a estranha sensação dura apenas 90 segundos até sua conclusão desagradável… O aplicativo já está disponível para Oculus Rift e Samsung Gear VR e pode ser baixado nas lojas oficiais. A prévia você pode conferir a seguir:

Segundo a produtora, a experiência é inspirada em um momento que faz parte do próximo filme e utiliza recursos e efeitos de computador que foram empregados nas filmagens para se obter o máximo de fidelidade à franquia, com a parceria de profissionais que trabalharam na obra.

Para quem não possui acesso aos dispositivos de Realidade Virtual compatíveis com a experiência, resta torcer para que a novidade chegue por aqui como vai chegar nos cinemas norte-americanos: uma colaboração entre a AMD, a Alienware e a Twentieth Century Fox vai disponibilizar “Alien: Covenant in Utero” em algumas salas nos Estados Unidos para quem quiser se arriscar a sentir o gostinho de ser um Alien nascendo.

Alien: Covenant servirá de ponte entre Prometheus (2012) e o primeiro filme da série, de 1979, ambos dirigidos por Ridley Scott, que retorna para a franquia. Quem também volta é o ator Michael Fassbender, novamente no papel do sintético David. Na trama, a tripulação da nave colonizadora Covenant descobre o androide em um planeta aparentemente inabitado e o pesadelo recomeça. O filme tem data marcada de 18 de Maio para estrear no Brasil.

Queremos saber sua opinião