Estados Unidos estão perdendo a guerra contra os hackers

Estados Unidos sob ataque
Os Estados Unidos estão em guerra e estão perdendo. A batalha contra os hackers não está surtindo efeito, garantiu um executivo do FBI ao Wall Street Journal.

Shawn Henry é um diretor executivo do Federal Bureau of Investigation e está prestes a se aposentar, depois de mais de vinte anos na linha de frente contra os piratas cibernéticos. E ele alerta: “nós não estamos vencendo”. E ele não vê um futuro melhor pela frente:

“Eu não vejo como nós vamos sair desta sem mudanças na tecnologia ou mudanças no comportamento, porque com a situação atual, é um modelo insustentável. Insustentável no sentido em que você nunca vai pra frente, nunca se torna seguro, nunca tem uma expectativa razoável de privacidade ou segurança.”

Henry revela que constantemente o FBI esbarra em informações sigilosas de grandes empresas encontradas em posse de criminosos sendo investigados por outras atividades. Muitas vezes, as próprias empresas não sabiam que suas redes estavam comprometidas. Em alguns casos, a falha de segurança já existia por meses ou anos. Para o diretor executivo é impossível para o FBI monitorar todas as brechas de acesso exploradas por hackers do mundo inteiro.

Recentemente, Richard Clarke, conselheiro da Casa Branca e especialista em ciberterrorismo,  havia alertado que todas as grandes companhias americanas já haviam sido infiltradas por hackers a serviço da China em busca de dados de pesquisa e desenvolvimento.

.