Estação Espacial Internacional ganha tour em Realidade Virtual

Quem nunca sonhou em conhecer o espaço, olhar para baixo e ver nosso pequeno planeta azul? Um aplicativo oficial da Estação Espacial Internacional (ISS) agora pode levar você até lá… em Realidade Virtual.

Mission: ISS está disponível gratuitamente com exclusividade para Oculus Rift e Touch e permite que você conheça todos os cantos da ISS, por dentro e pelo lado de fora.

A excursão em Realidade Virtual é resultado de uma parceria entre a produtora multimídia Magnopus e a NASA, a Agência Espacial Europeia e a Agência Espacial Canadense e contou não apenas com acesso a modelos reais da estrutura como também com a colaboração de alguns dos astronautas que tiveram a oportunidade de visitar a ISS em algum momento. Na experiência, o usuário não apenas irá passear por dentro e por fora da Estação como também conhecerá um pouco da rotina e das atividades desempenhadas em órbita da Terra. Confira o vídeo:

“Enquanto muitos de nós sonham em se tornar astronautas, apenas cerca de 500 pessoas estiveram no espaço”, aguça a imaginação o comunicado oficial do aplicativo. “Graças a Mission:ISS e o Oculus Touch, você poderá usar suas mãos virtuais para acoplar cápsulas de carga que estão chegando, conduzir passeios espaciais e realizar tarefas de missão crítica. Agora, qualquer um, de qualquer lugar, pode experimentar a vista de tirar o fôlego da Terra de sua órbita”, completa.

Além de saciar o sonho de muita gente, a colaboração entre as agências espaciais e o Oculus também tem um fator educacional: boa parte da excursão é acompanhada de depoimentos de astronautas e narra a história da Estação Espacial Internacional. As empresas envolvidas estão trabalhando também em um projeto que irá fornecer acesso direto a estudantes do ensino médio nos Estados Unidos.

E a parceria irá funcionar como uma via de mão dupla: o astronauta europeu Thomas Pesquet, da Agência Espacial Francesa, irá embarcar na ISS usando um headset de Realidade Virtual da Oculus para estudar os efeitos da gravidade zero sobre a percepção espacial humana e seu equilíbrio, utilizando programas desenvolvidos pelas agências espaciais especificamente para esta plataforma.

Queremos saber sua opinião