Empresa demite acidentalmente todos os empregados

'Está todo mundo na rua!'
Na última sexta-feira os mais de 1300 funcionários da Aviva Investors receberam uma mensagem desagradável pelo e-mail: estavam sendo demitidos. Todos eles, em todas as filiais, em 16 países.

E ainda receberam instruções precisas de como agir: “Eu preciso lembrá-lo de suas obrigações contratuais para a empresa que você está deixando”, dizia a mensagem. Logo em seguida, vinham orientações para devolver todo o material de trabalho pertencente à Aviva e como deixar o passe de entrada na Segurança ao ir embora. O e-mail finalizava agradecendo ao “ex-funcionário” e desejando um bom futuro.

Obviamente, o e-mail era uma gafe. Vinte e cinco minutos depois da mensagem fatídica, o Departamento de Recursos Humanos enviou outro e-mail pedindo desculpas pelo incidente e informando que a mensagem estava destinada originalmente a apenas um único empregado, mas foi disparada para a lista completa.

Ironicamente, em Janeiro deste ano, a Aviva Investors já havia declarado publicamente que estava reestruturando sua organização e pretendia cortar cerca de 12% de sua força de trabalho. Os cortes ainda não aconteceram, mas o susto, com certeza, foi grande.

.