Drone da Amazon poderá escanear casa dos clientes

O futuro será muito diferente de hoje: a Amazon acabou de registrar uma patente que permitirá que seu drone de entregas faça uma análise da casa dos seus clientes.

O robô de entregas não apenas deixará a encomenda realizada, mas seus sensores também farão, sem o consentimento prévio do usuário, uma coleta de dados sobre a residência.

Essas informações serão enviadas para a nuvem e a Amazon poderá fazer recomendações de compra baseadas na análise desses dados. Segundo o registro da patente, por exemplo, seria possível “analisar os dados e identificar que o telhado do local está necessitando de reparos”. O drone também tem permissão para avaliar o quintal e as condições das árvores próximas, além de outras informações que não são diretamente explicitadas na patente.

A Amazon tem um dos mais sofisticados sistemas de análise de consumo do mundo, capaz de fazer sugestões de compra cuja precisão não possui rival. Era natural de se esperar que a empresa busque ampliar o volume de dados coletados sempre que possível. Combine esse modelo com o investimento maciço que a gigante varejista está fazendo para que seus drones se tornem uma realidade no setor de entregas e teremos uma frota de máquinas bisbilhoteiras voando sobre as cidades.

Queremos saber sua opinião