Documentário sobre mito da internet estreia na HBO

Em Maio de 2014, Payton Lautner, de apenas 12 anos, foi apunhalada 19 vezes e escapou da morte por um triz. As autoras do crime? Suas duas melhores amigas, também de 12 anos, supostamente influenciadas pelo Slenderman.

O mito da criatura sombria que habita as florestas nasceu em um fórum da internet, mas ganhou o mundo e para as jovens Anissa Weier e Morgan Geyser ele é real.

Uma equipe de documentaristas acompanhou o caso por 18 meses e narra desde a prisão das duas meninas por tentativa de assassinato até as origens do Slenderman, um meme que saiu do controle. O resultado pode ser conferido a partir de hoje na HBO em Beware the Slenderman, um longa documental de quase duas horas de duração que busca explicações para o crescimento do fenômeno e o poder do fanatismo. Confira o trailer:

Beware the Slenderman é dirigido por Irene Taylor Brodsky, documentarista indicada ao Oscar em 2009 pelo curta The Final Inch, sobre os horrores da poliomielite em países subdesenvolvidos. Aqui, a diretora se debruça sobre os efeitos das informações forjadas e a hiperrealidade gerada dentro da internet sobre mentes de crianças e jovens. Ela também analisa como um mito pode ser criado do zero e ganhar proporções inimagináveis até mesmo por seus criadores.

Queremos saber sua opinião