Crianças britânicas lançam satélites com a ajuda do Microsoft Azure

A Microsoft deu o pontapé inicial para uma iniciativa inovadora no Reino Unido: colocar crianças para lançar satélites em órbita baixa usando a tecnologia do Azure.

O evento AzureCraft aconteceu no final de Novembro na sede da Microsoft no país e juntou desenvolvedores e estudantes para testes com satélites pequenos e de baixo custo, chamados de nanossatélites.

No evento, os estudantes viram como é possível controlar os nanossatélites usando um aplicativo de controle de missão em seus smartphones, agregando e mostrando os dados que eles coletaram utilizando a plataforma de nuvem Microsoft Azure. O projeto também faz parte do Satellite Applications Catapult, uma empresa independente que pretende formar futuros engenheiros espaciais, pesquisadores e empreendedores.

nanosatelites-criancas

A empresa cedeu um kit prático chamado de MicroKit, que inclui uma câmera, um compasso eletrônico, um sensor de temperatura, um sensor de luz infravermelha e ultravioleta e um leitor de cartões micro SD que permite aos usuários salvarem os dados. O conjunto é levado para a estratosfera através de balões de hélio, onde permanece em órbita baixa da Terra.

Segundo a Microsoft, “a esperança é que o MicroKit inspire a próxima geração de desenvolvedores a criar uma variedade de projetos que levarão a um melhor entendimento do espaço e da Terra. Usando dados do infravermelho, por exemplo, os estudantes podem desenvolver um sistema de alerta que ajudará fazendeiros a melhorar a qualidade de suas plantações”.

De acordo com Stuart Martin, chefe-executivo da Satellite Applications Catapult, “a oportunidade de tornar a tecnologia de satélites acessível a todos é animadora. As tecnologias do futuro construirão uma nova geração de negócios digitais que aproveitarão essa oportunidade em diversas áreas”.

Queremos saber sua opinião