Correios Celular inicia atividades em Fevereiro

A operadora de telefonia móvel Correios Celular, anunciada em Fevereiro do ano passado, irá finalmente iniciar suas atividades a partir de Fevereiro deste ano.

O objetivo é utilizar a infraestrutura já existente de agências para vender planos pré-pagos, chips e recargas e atingir as camadas C e D da população.

Na prática, os Correios funcionarão somente como uma marca, uma vez que a toda a base operacional e o licenciamento de frequências de transmissão ficarão sob a responsabilidade de uma operadora já atuante. A estatal fechou uma parceria com a Surf Telecom, que por sua vez subloca a rede de telefonia da Tim para operar no Brasil. Esse modelo de negócios é chamado de MVNO (Mobile Virtual Network Operator) e já funciona em outros países, inclusive vinculado à empresas de correios.

A meta da Correios Celular é atingir a marca de um milhão de usuários até o final do ano. Mas a expectativa é ainda mais otimista. De acordo com Ara Minassian, coordenador do projeto Correios Celular, ” os Correios têm 12 mil pontos de venda. Se comercializarmos 1 chip por dia em cada ponto, 1 milhão de usuários será pouco. Estamos preparados para prestar um bom serviço para uma base entre 1 a 1,2 milhão de pessoas”.

Como diferencial, a empresa destaca que irá adotar o máximo de transparência em faturas e registros de consumo. Um levantamento realizado a pedido dos Correios constatou que o público-alvo da operadora se sente confuso em relação a valores e contas e a nova operadora irá buscar a simplicidade, para explicar ao consumidor quanto e pelo que está pagando. “A oferta de um serviço simples é um dos nossos pilares. O usuário precisa saber o que está consumindo”, declarou o executivo.

Segundo Guilherme Campos, presidente dos Correios, a empresa está na posição certa para oferecer esse tipo de serviço: “os Correios dispõem de uma das maiores redes de atendimento presencial do Brasil, um inigualável sistema de logística e de distribuição, e um número muito grande de clientes que frequentam diariamente sua rede de agências, além de contar com alta confiança da população”.

Queremos saber sua opinião