Confira tudo que rolou na conferência I/O 2017 do Google

Sundar Pichai, CEO do Google, subiu ao palco no final da tarde desta quarta-feira para conduzir com maestria a conferência I/O 2017 organizado anualmente pela empresa.

O evento é focado principalmente em desenvolvedores, mas a edição deste ano também apresentou novidades que interessam aos consumidores: beta do Android O, Google Assistant para iOS, Google Lens e muito mais.

E o Google tinha motivos de sobra para aproveitar a ocasião e celebrar: de acordo com Pichai, o número de dispositivos rodando Android em todo o planeta subiu para 2 bilhões no total, entre smartphones, tablets, relógios inteligentes, televisores e sistemas embarcados.

Para atingir a marca de 3 bilhões de aparelhos Android, o Google anunciou Android Go, uma versão da plataforma para dispositivos de baixa potência e banda limitada, típicos dos países em desenvolvimento. Embora já existam versões de aplicativos populares focadas nesses mercados, o Google pretende ir além e adaptar o próprio sistema operacional para as necessidades dos consumidores que vivem em condições emergentes. O Android Go será distribuído automaticamente para dispositivos com menos de 1GB de RAM e baixa conectividade.

A meta da empresa é continuar expandindo esse ecossistema e evoluindo o sistema: o primeiro beta do Android O já está disponível para usuários que disponham de modelos específicos de celulares Nexus ou Pixel.O Google garante que a próxima versão do Android irá se focar nos elementos mais básicos à experiência do consumidor, como segurança, estabilidade e autonomia de bateria e velocidade.

Mas mesmo as versões recentes do sistema operacional já poderão se beneficiar de recursos poderosos e inéditos, como o Google Lens. A funcionalidade trabalha em conjunto com a câmera do dispositivo e o Google Assistant, permitindo que a Inteligência Artificial reconheça objetos e informações que são exibidas para a lente. Desta forma, seria possível, por exemplo, identificar uma planta automaticamente a partir de uma foto ou oferecer mais informações sobre um restaurante a partir do reconhecimento do nome na fachada, sem que o usuário precise digitar nada.

O recurso faz parte da estratégia do Google de levar o Google Assistant para o cotidiano das pessoas e mais dispositivos. Mas a grande surpresa é o lançamento do assistente virtual da empresa para o ambiente iOS, entrando no território anteriormente dominado por Siri, a Inteligência Artificial da Apple. É uma investida similar àquela praticada pela Microsoft, que disponibilizou a sua assistente digital Cortana também no Android e no iOS. O Google Assistant para iOS foi lançado oficialmente durante o evento e já pode ser baixado na loja da Apple.

O I/O 2017 também trouxe um grande número de novidades para o Google Photos. Com meio bilhão de usuários mensais conquistados em menos de dois anos, o Google quer investir pesado para torná-lo ainda melhor. O serviço de compartilhamento de fotos na nuvem passará a contar com opções rebuscadas de criações de álbuns, que poderão ser compartilhados com mais facilidade e até mesmo impressos em um álbum físico através de um serviço de gráfica do próprio Google. Além disso, algoritmos inteligentes serão capazes de aprimorar e editar as imagens sem esforço.

No campo da Realidade Virtual, o Google demonstrou que continua interessado no setor e apresentou um novo dispositivo para sua plataforma Daydream, que dispensa smartphones e PCs para funcionar. Por enquanto, não há preço ou data de lançamento e tampouco um protótipo foi apresentado, mantendo a estratégia da empresa para a Realidade Virtual ainda em um futuro que não está próximo.

Queremos saber sua opinião