Confira tudo o que aconteceu na conferência da Microsoft

Não foi desta vez que o mítico Surface Phone se tornou realidade, mas não faltaram novidades (e surpresas!) no evento organizado pela Microsoft hoje.

A conferência dedicada ao Windows 10 teve a revelação completa de como será a próxima grande atualização do sistema, além de mostrar o Paint 3D, Realidade Virtual e o aguardado Surface Studio.

Batizado de Windows Creators Update, a nova atualização de peso do Windows 10 chegará aos usuários no primeiro semestre de 2017 e será focada na produção de conteúdo, principalmente 3D. O lema da Microsoft é “3D é para todos” e a proposta é unificar Minecraft, Realidade Virtual, Realidade Aumentada, HoloLens e o anunciado Paint 3D em um único ecossistema onde os usuários possam criar, compartilhar e consumir conteúdo no formato.

O Paint 3D, que já havia vazado antes da conferência, parece ser um dos principais alicerces da iniciativa. Mas a Microsoft também irá trazer um aplicativo para Windows Phone e outras plataformas que permitirá fotografar objetos do mundo real e transformá-los em objetos virtuais 3D que podem ser utilizados nos projetos dos usuários.

Além disso, a empresa firmou parceria com diferentes fabricantes de hardware para oferecer suas próprias soluções de dispositivos de Realidade Virtual e oferecer uma alternativa econômica ao Oculus Rift e o HTC Vive. Nomes como HP, Dell, Lenovo, Asus e Acer foram listados durante o evento e a Microsoft revelou que os aparelhos terão uma faixa de preço a partir de US$299. Isso os coloca bem abaixo do valor atual do HoloLens, única opção no mercado por enquanto com a tecnologia da empresa, mas com propósitos diferentes.

windows-10-vr

Mas nem só de 3D viverá a próxima grande atualização do Windows 10 e uma outra boa novidade anunciada durante a apresentação foi a funcionalidade “My People”, que irá criar uma barra de ferramentas na barra de tarefas do sistema dedicada a contatos importantes. Desta forma será possível acessar rapidamente pessoas com quem se mantém contatos constantes e iniciar uma conversação, compartilhar arquivos e interagir com outros aplicativos.

O evento se encerrou com o anúncio oficial do Surface Studio, o computador “tudo-em-um”, que combina elementos de tablet e desktop em um único dispositivo. Com uma tela PixelSense de 28 polegadas, a Microsoft afirma ser a mais fina jamais produzida. Completando as especificações, temos 32GB RAM, um disco rígido híbrido de 2TB que combina armazenamento HD e SSD, quatro portas USB 3.0, além suporte a Ethernet, Audio, SD e Mini DisplayPort. O processador é um Intel Core e a Nvidia cuida da GPU.

surface-studio

surface-studio-02

Com flexibilidade total, a tela sensível a toque pode ser inclinada completamente na horizontal com facilidade para execução de trabalhos gráficos ou outras tarefas. Além disso, o Surface Studio também possui um microfone potente capaz de captar tudo que é falado em um ambiente, o que, associado com a tecnologia de assistência virtual de Cortana, o torna uma solução inteligente para competir com o Amazon Echo ou o Google Home.

O Surface Studio já está disponível para pré-venda nos Estados Unidos através da Microsoft Store, poderá ser testado pessoalmente nas lojas físicas a partir de amanhã e chegará ao consumidor a tempo das compras de final de ano, ainda que com estoque limitado. Confira a faixa de preços, de acordo com cada configuração:

 

  • Intel Core i5, 1TB SSD, 8GB RAM, GTX 956M 2GB GPU: US$2999
  • Intel Core i7, 1TB SSD, 16GB RAM, GTX 956M 2GB GPU: US$3499
  • Intel Core i7, 2TB SSD, 32GB RAM, GTX 980M 4GB GPU: US$4199

 

 

Queremos saber sua opinião