Comércio móvel cresce 83% em um único ano no Brasil

Segundo a firma de consultoria e-Bit, o mercado de consumidores que compram online a partir de um dispositivo móvel disparou no Brasil. Nos últimos 12 meses, o setor de m-commerce quase dobrou e subiu 83% no país.

Transações efetuadas pelo celular ou pelo tablet ainda representam uma fatia pequena no comércio eletrônico nacional. Em Junho de 2013, elas representavam apenas 3,8% do total. Com o salto, o m-commerce passa a representar 7% do mercado com quase 3 milhões de transações efetuadas durante o ano.

De acordo com a pesquisa, o m-commerce movimentou em um ano cerca de 1.13 bilhão de reais. Os segmentos dominantes são Moda e Acessórios (18% das vendas), Cosméticos e Produtos de Saúde (16%) e Eletrônicos (11%).

O crescimento estimado para os próximos 12 meses calcula que o m-commerce pode abocanhar cerca de 10% de todo mercado eletrônico brasileiro. Em comparação, no mercado americano, o m-commerce responde por 29% do comércio eletrônico, segundo dados estatísticos do Forrester Research.

Apesar do crescimento, o relatório do e-Bit aponta que a curva poderia ser ainda mais brusca, mas a evolução do m-commerce no Brasil ainda esbarra em muitos obstáculos. O serviço de mobile payment ainda engatinha no país, com poucas lojas aderindo ao sistema, por exemplo. Para o e-Bit, fatores como a “precária cobertura 3G” e a baixa penetração do wi-fi nas residências também funcionam como entrave.

 

Queremos saber sua opinião