Cidade canadense adota o Uber no lugar de linhas de ônibus

Enquanto no Brasil, o Uber pode estar com os dias contados, em uma pequena cidade do Canadá, o serviço de motoristas particulares por aplicativo vai se tornar a única opção de transporte público.

A Prefeitura de Innisfil, de pouco mais de 32 mil habitantes, realizou um estudo de impacto e concluiu que seria mais econômico subsidiar o funcionamento do UberPool na região do que implantar linhas de ônibus públicos.

O município irá arcar com um valor de 100.000 dólares canadenses (cerca de R$232.000, no câmbio de hoje) na primeira fase inicial de implantação do serviço e outros CA$125.000 (cerca de R$290.000) na segunda fase, daqui a seis ou nove meses. A implantação de uma única linha de ônibus no município, que não conseguiria cobrir toda a localidade e atender todos os moradores, sairia por CA$270.000 (R$627.000) ao ano, enquanto duas linhas custariam CA$610.000 (mais de R$1.400.000) aos cofres da Prefeitura.

“O Uber surgiu como a única empresa com uma plataforma baseada em aplicativo que facilitaria o compartilhamento de corridas e a combinação de dois ou mais passageiros em travessias ao longo da cidade”, justificou a administração municipal. Cada passageiro irá pagar um valor que oscilará entre CA$3 e CA$5 (entre R$7 e R$11, aproximadamente), dependendo do trajeto percorrido.

Segundo o Prefeito de Innisfil, Gord Wauchope, “esse é um sistema de trânsito em que as pessoas podem chegar a qualquer lugar na cidade de Innisfil, e usá-lo por um preço razoável”.

Queremos saber sua opinião