CES 2017: Microsoft apresenta nova Plataforma de Veículos Conectados

A Microsoft anunciou durante a CES 2017 sua Connected Vehicle Platform, um conjunto de serviços baseados em Azure que podem ser utilizados por montadoras para o desenvolvimento de carros inteligentes.

Como pioneira da iniciativa, a Renault-Nissan terá automóveis que virão de fábrica com serviços inteligentes e de produtividade como Cortana, Dynamics, Office 365, Power BI e Skype for Business.

Segundo a Microsoft, “a infraestrutura e escala exigidas para construir um carro conectado é incrivelmente complicada, cara e exigente em termos de recursos. No setor, um desafio de software e um grande obstáculo para essas marcas é integrar a complexa tecnologia de nuvem exigida para produzir experiências de direção da próxima geração”. Para empoderar fabricantes a entrar na era dos veículos conectados, a Microsoft desenvolveu uma plataforma ágil, baseada na nuvem, que pode ser implementada com facilidade.

Confira o vídeo introdutório da Connected Vehicle Platform:

“A nuvem da Microsoft fará o trabalho pesado ao receber grandes volumes de dados de utilização, dos sensores de carros conectados, e então ajudar as montadoras a aplicar esses dados de forma poderosa”, afirma a empresa.

A Renault-Nissan Alliance comprou a ideia e demonstrou ao vivo durante a CES 2017 como é possível utilizar a assistente digital Cortana para auxiliar o motorista em seus veículos. Com os recursos inteligentes oferecidos pela plataforma da Microsoft é possível se obter ajuda para navegação, manutenção do carro, monitoramento remoto de recursos e muito mais.

“Como você deve ter percebido, a Microsoft não está produzindo seu próprio carro conectado. Em vez disso, queremos ajudar as montadoras a criar soluções de carros conectados que se ajustem às suas marcas, às necessidades únicas de seus consumidores, que diferenciem completamente seus produtos e gerem novos e sustentáveis fluxos de renda”, esclareceu a empresa.

“A Microsoft aspira empoderar as montadoras em seus objetivos de uma direção completamente autônoma, com aprendizagem de máquina sofisticada e capacidades de inteligência artificial, assim como serviços avançados de mapeamento”, completou em seu comunicado oficial.

Queremos saber sua opinião