CEO da Amazon desmente supermercados robotizados

Uma reportagem publicada nesse Domingo no jornal New York Post indicava que a Amazon poderia estar planejando construir supermercados operados por robôs.

Entretanto, segundo o próprio CEO da Amazon, Jeff Bezos, essa informação não passa de lorota e as fontes anônimas responsáveis pelo rumor “devem ter misturado seus remédios”.

De acordo com a matéria, cada uma das unidades construídas pela Amazon precisaria de no máximo três funcionários humanos para funcionar, com operações como estocagem e manutenção seriam todas conduzidas por robôs. Além disso, com essa cadeia de mercearias robotizadas seria possível obter uma margem de lucro de 20% em cima de cada item vendido, bem acima da média do mercado nos Estados Unidos, onde um comerciante raramente consegue obter um lucro percentual acima de um dígito.

Apesar de já ter sido alvo de rumores no passado, desta vez o CEO da Amazon desabafou sobre o boato, publicando uma mensagem bem-humorada em sua conta pessoal no Twitter:

E Bezzos ainda acrescentou mais tarde: “se alguém souber como obter uma margem de 20% em mercearias, me ligue! :)”. Mais oficialmente, um representante da Amazon desmentiu a reportagem e afirmou categoricamente que não passa de uma “completa ficção”. Recentemente, a empresa desmentiu que tenha interesse em abrir cerca de 2000 mercados nos Estados Unidos, conforme publicado pelo Wall Street Journal em Dezembro.

Até o momento, os jornalistas do New York Post não se pronunciaram sobre o incidente.

Queremos saber sua opinião