Carro pega fogo nos Estados Unidos após explosão de Galaxy Note 7

O pesadelo da Samsung e do Galaxy Note 7 parece não ter fim: o smartphone é o responsável pelo incêndio de um carro nos Estados Unidos após a explosão da bateria.

De acordo com Nathan Dornacher, o smartphone problemático estava carregando em cima do painel do veículo quando explodiu e colocou fogo no carro.

O caso aconteceu na Flórida, em 5 de Setembro e foi publicado no Facebook da família Dornacher, mas só foi descoberto agora pela mídia, quando virou notícia no canal televisivo Fox News. A família estava voltando para casa depois de ter comprado uma mesa e deixaram o celular carregando enquanto descarregavam o móvel para voltar a passear. Ao retornar ao veículo, Nathan viu as chamas já se alastrando pelo interior do carro. Os bombeiros foram acionados para controlar o incêndio, mas o Jeep Grand Cherokee teve perda total.

carro-fogo

As chamas se espalharam rapidamente após a explosão.

galaxy-note-7

O que restou do smartphone após o incêndio.

A Samsung se pronunciou oficialmente sobre o incidente afirmando que está “trabalhando com o sr. Dornacher na investigação do caso”, assegurou que “tudo será feito por ele” e voltou a afirmar que “a segurança dos consumidores é a maior prioridade”.

A empresa sul-coreana realizou um recall do Galaxy Note 7 em virtude de dezenas de relatos de explosões da bateria do dispositivo durante o processo de carregamento. Em razão do risco de acidentes, a FAA, órgão que regula a segurança dos voos domésticos nos Estados Unidos, emitiu uma recomendação para que passageiros não utilizem ou façam carga do smartphone em aeronaves ou mesmo transportem eles na bagagem.

Queremos saber sua opinião