Carro autônomo do Uber se envolveu em acidente no Arizona

Um carro autônomo do Uber esteve envolvido em uma colisão de três veículos nesse sábado no estado norte-americano do Arizona.

Felizmente, ninguém ficou ferido durante o acidente, ainda que o veículo inteligente de modelo Volvo SUV tenha tombado de lado na pista.

De acordo com o Uber, o carro não transportava passageiros. A polícia informou que um motorista humano estava na direção no momento do impacto, mas foi revelado que os sistemas internos estavam conduzindo o veiculo. Um engenheiro acompanhava a viagem no banco do carona. Logo após o acidente, a empresa suspendeu todos os testes com carros inteligentes por três dias enquanto investigava as condições exatas da colisão.

uber-crashed

As investigações preliminares apontaram que o acidente não foi provocado pelo carro do Uber, mas por outro dos motoristas envolvidos na colisão tripla, que teria se negado a dar passagem em um cruzamento e colidido contra o Volvo autônomo. No momento, os veículos inteligente do Uber já voltaram a circular nas ruas.

No ano passado, Elon Musk, proprietário da Tesla, que também investe pesado em pesquisas de carros de auto-condução, criticou duramente a imprensa pela cobertura dada a acidentes envolvendo esse tipo de veículo. O executivo argumentou que estatisticamente veículos inteligentes são muito mais seguros que motoristas humanos e sua implantação em larga escala nas ruas e estradas irá reduzir drasticamente o volume de acidentes fatais.

Hod Lipson, professor de engenharia mecânica e roboticista da Columbia University, corrobora o ponto de vista de Musk. Indagado sobre a colisão envolvendo o carro do Uber, Lipson respondeu à agência de notícia Reuters que”carros sem motoristas continuam melhorando quanto mais eles dirigem, enquanto humanos tem uma marca de segurança mais ou menos constante ao longo dos anos. A ideia de que de alguma forma um motorista humano torna a viagem mais segura é um falso conforto, uma falsidade potencialmente perigosa”.

Queremos saber sua opinião