Bitcoin cresce e ultrapassa o valor do ouro

Por anos, o símbolo do Bitcoin é uma moeda dourada, mas finalmente a moeda virtual ultrapassou o valor do ouro em termos comparativos.

O marco histórico aconteceu na quinta-feira passada, quando um bitcoin foi cotado a US$1.290, enquanto a onça de ouro (28 gramas) estava cotado a US$$1.228.

Parte dessa arrancada do bitcoin sobre o ouro pode ser explicada por uma trepidação no valor do metal na semana passada, devido a um fortalecimento do Dólar, o que levou o ouro a sofrer uma queda de 2%. Enquanto isso, a moeda virtual subiu 7% em uma única semana e concretizou a ultrapassagem que seria inevitável em Março, mais tardar no início do Abril. O fato é que o bitcoin teve um crescimento significativo nos últimos 12 meses, saindo de US$$407.98 registrados em Março de 2016 para um valor que é mais do que o triplo.

bitcoin-vs-gold

Entretanto, os analistas alertam que o metal continua sendo um melhor investimento: sua estabilidade histórica não pode ser ignorada. Apesar das flutuações, a onça do ouro apresentou em Março o mesmo valor registrado no ano passado, sem sustos ou quedas abruptas.

Para Fran Strajnar, co-fundador e CEO da empresa de pesquisa e análise de dados financeiros Brave New Coin, consultado pela rede CNBC, “o suprimento de ouro é de 180.000 toneladas acima do solo, avaliados em 7 trilhões de dólares. O mercado de bitcoin está avaliado em 20 bilhões (…) bitcoin não é um commodity, enquanto o outro vem sendo um commodity for milhares de anos”.

Adrian Ash, diretor de pesquisa da Bullion Vault, minimiza o feito e acrescenta em entrevista que “preço é apenas um número”. Para o analista financeiro, “superar a onça do ouro não significa em si muita coisa. O mais importante é que o bitcoin está estabelecendo novos pontos culminantes. Isso sinaliza tanto que há um crescimento do apetite por acervos alternativos quanto também que criptomoedas estão encontrando novos, talvez desavisados, compradores”.

Queremos saber sua opinião