Assistente digital Bixby da Samsung é liberado para o Brasil

Meses depois de seu lançamento inicial, o assistente digital Bixby criado pela Samsung está finalmente disponível para os usuários brasileiros e de outros 199 países.

O anúncio foi feito pela empresa sul-coreana nessa terça-feira e marca a segunda etapa da investida maciça da Samsung para transformar o Bixby no pilar central de seu ecossistema autônomo.

Inicialmente, o assistente estava acessível somente para o público de seu país de origem. Apenas no final de Julho o Bixby foi liberado em Inglês para o mercado norte-americano. Entretanto, seu lançamento mundial agora ainda pode esbarrar no obstáculo do idioma: apesar de estar oficialmente disponível para 200 novos países, o assistente dos smartphones Galaxy S8 ou S8+ continua entendendo apenas Coreano e Inglês. A Samsung revelou que há interesse em localizá-lo para outras línguas, inclusive para o nosso Português, mas não há previsão para adaptação.

Por enquanto, os usuários brasileiros terão que se conformar com o recurso do jeito que está. O Bixby será distribuído através de uma atualização de software para o dispositivo móvel, sem custo adicional. Para ativar o assistente, basta apertar o botão do aplicativo ou simplesmente falar “Hi, Bixby” para o smartphone.

Bixby chega a 200 países para tentar competir em pé de igualdade com os rivais Siri, Cortana e Google Assistant. Segundo a fabricante oriental, “quase tudo que você poderia fazer com um toque ou digitando, você poderá fazer agora com sua voz”. O novo assistente foi desenvolvido de olho na concorrência, com a meta de superar o que está disponível em outros dispositivos e conta com o talento de engenheiros que trabalharam originalmente na criação de Siri.

Mas a Samsung enxerga ainda mais além do que um mero assistente de voz para celulares. Segundo InJong Rhee, Vice-Presidente Executivo da empresa a e diretor de divisão de pesquisa e desenvolvimento, “no futuro, você será capaz de controlar seu ar condicionado ou TV através do Bixby. (…) na medida em que o ecossistema do Bixby cresce, nós acreditamos que o Bixby irá evoluir de uma interface de smartphone para uma interface para sua vida”.

Queremos saber sua opinião