Aplicativo criado por brasileiros permite monitorar políticos

Um aplicativo criado por estudantes universitários brasileiros coloca nas mãos do cidadão o poder acompanhar e fiscalizar políticos.

O Sr. Cidadão agrupa dados de conhecimento público liberados através da Lei de Acesso à Informação, de 2011,  facilitando ao eleitor o monitoramento da atuação de parlamentares e partidos.

O aplicativo disponível para Android nasceu de uma iniciativa do professor Wagner Gomes da Faculdade Pitágoras, de Belo Horizonte, e dos alunos Daniel Saback, Davi Duque e Victor Hugo Castro, inspirados pelos escândalos revelados pela Operação Lava-Jato. O projeto original havia surgido em forma de site em 2005, durante as investigações do Mensalão, mas decolou como um aplicativo há somente três meses. Desde seu lançamento, o Sr. Cidadão já acumulou mais de 2000 downloads na loja do Google.

Através do aplicativo, o usuário pode escolher uma casa legislativa, um partido ou mesmo um político em específico para acompanhar. A partir daí, são enviadas notificações diárias sobre suas  atividades. “Os alertas vão monitorar a presença no trabalho, a evolução de seus bens, os gastos, as doações recebidas e a votação em matérias no plenário. Assim sendo, ele pode reagir mediante as ações, sendo avaliadas como positivas ou negativas”, explica Saback.

Com base nas avaliações, é criado um ranking, exibido no aplicativo e no site oficial. “A ideia de momento é apenas ajudar o cidadão a escolher conscientemente em quem vai votar. Queríamos responder à pergunta: como é possível o povo votar em políticos que não os representa?”, explica o estudante.

“Fazemos todo o trabalho para facilitar a sua escolha. Juntamos dados de diversas fontes para oferecer uma experiência incrível, fornecendo um panorama geral de candidatos, como opiniões, projetos, plano de governo, como votaram e se estiveram presentes na seção e muito mais”, completa Saback.

Queremos saber sua opinião