Amazon registra patente de entregas por paraquedas

A última peça do quebra-cabeças do futuro sistema de entregas por drone da Amazon pode ter sido revelada: uma patente de entregas por paraquedas.

Pelo conceito registrado pela gigante varejista as mercadorias seriam transportadas por drones, mas seriam soltas a vários metros do chão sem a necessidade do pouso da aeronave.

A patente foi concedida pelo Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos na terça-feira e prevê um conjunto de molas, ímãs e paraquedas que seriam utilizados para desprender a encomenda do drone e guiá-la em segurança para um pouso suave no solo. A aeronave permaneceria sobrevoando a região para coordenar a descida do pacote no ponto de entrega correto, para depois retornar a sua base, possivelmente o armazém aéreo também patenteado pela Amazon.

amazon-drone-paraquedas

O pacote irá descer com um conjunto de ferramentas, incluindo mini-balões, flaps e até ar comprimido para conseguir corrigir seu curso de descida a partir de instruções transmitidas por rádio pelo drone ou seu operador.

Atualmente, o maior obstáculo para a Amazon e seu sistema de entregas é justamente o elemento humano. A empresa possui um programa funcional de drones autônomos e diversos testes já comprovaram a eficiência do sistema. Proteger as unidades e o público de acidentes é uma necessidade vital para o sucesso da iniciativa. Entretanto, a atual legislação aérea dos Estados Unidos exige a presença de um operador, o que poderia atrapalhar os planos da gigante varejista.

Queremos saber sua opinião