A Chan Zuckerberg Initiative vai doar 3 bilhões de dólares para a pesquisa da cura de todas as doenças

Pela primeira vez desde sua criação, a Chan Zuckerberg Initiative apresentou um plano ousado à altura de seus fundadores: erradicar todas as doenças do planeta nas próximas décadas.

A fundação criada por Mark Zuckerberg e sua esposa Priscilla Chan estabeleceu uma estratégia de ação e se comprometeu a investir 3 bilhões de dólares nesse projeto.

O casal apresentou pessoalmente a iniciativa em um evento em São Francisco, que contou inclusive com a participação de Bill Gates, fundador da Microsoft e filantropo. Em um discurso emocionado, Priscilla Chan afirmou: “Mark e eu passamos os últimos dois anos conversando com cientistas de todos os espectros, de laureados com o Prêmio Nobel até estudantes de graduação. Nós acreditamos que o futuro que todos nós queremos para nossas crianças é possível. Nós estabelecemos uma meta: nós podemos curar todas as doenças no tempo de vida de nossos filhos?”.

Confira a íntegra da apresentação, disponível através do Facebook:

O projeto foi explicado com mais detalhes por Zuckerberg, que esclareceu que ele será dividido em três partes:

  1. Reunir cientistas e engenheiros;
  2. Construir ferramentas e tecnologias;
  3. Aumentar o movimento pelo financiamento da ciência.

Para o fundador do Facebook, não está correto que sejam gastos anualmente 50 vezes mais no tratamento das doenças do que na pesquisa da cura delas. “Nós podemos fazer melhor do que isso”, enfatizou para a audiência. A iniciativa da fundação pretende atacar doenças cardíacas, doenças infecciosas, câncer e doenças neurológicas, as principais causas de mortalidade no mundo. Mas Zuckerberg não prometeu milagres: “irá levar anos antes das primeiras ferramentas serem construídas e anos depois disso antes das primeiras doenças forem tratadas. Nós temos que ter paciência”.

Em seguida, apresentou aquele que chamou de seu “mentor” e fonte de inspiração: Bill Gates. O veterano executivo parabenizou o casal pelo projeto e reiterou que é necessária ciência para vencer esses desafios. “Nós precisamos de mais ciência. Apenas através da ciência nós podemos obter uma vacina para o HIV ou uma vacina para a malária… Nós desesperadamente precisamos dessa ciência”.

Queremos saber sua opinião