Como forçar Cortana a usar o navegador de sua preferência

Desde Abril de 2016, a Microsoft travou sua assistente pessoal Cortana para utilizar somente o Edge como navegador e o Bing como mecanismo de busca.

A medida irritou quem vinha configurando o sistema para adotar o mesmo navegador padrão ou prefere utilizar o Google para fazer suas pesquisas na internet.

Entretanto, existe um recurso que permite forçar a assistente virtual a utilizar o navegador de sua preferência, seja ele o Firefox, o Chrome ou mesmo o Opera. Um pequeno utilitário de apenas 56K chamado EdgeDeflector faz exatamente o que o seu nome diz: redireciona todos os links enviados por outros programas que normalmente abririam compulsoriamente no Edge para o navegador configurado como padrão no sistema.

A ferramenta de código-aberto possui um instalador próprio e essa será a última vez que você verá algum tipo de interface do programa. Uma vez instalado, ele silenciosamente intercepta links para o Edge e os redireciona para outro navegador, sem sequer abrir o navegador da Microsoft. Na primeira utilização, o Windows 10 ainda irá perguntar se o usuário pretende utilizar o Edge ou o EdgeDeflector para abrir o endereço de internet, mas marcando a opção para sempre utilizar essa escolha, o processo se torna automático.

edgedeflectordefault

Seu criador explica em detalhes que ele está configurando na verdade o protocolo microsoft-edge que Cortana e outros programas colocam na frente de um endereço da internet para forçar a abertura do navegador oficial da Microsoft. Com o pequeno utilitário, é possível oferecer uma alternativa ao sistema, que, na verdade, redireciona para o navegador padrão, como muitos usuários acreditam que deveria ser.

Vale lembrar que mudanças futuras no sistema operacional podem bloquear novamente essa forma de customização. É possível que uma reinstalação do EdgeDeflector ou mesmo uma versão atualizada da ferramenta resolvam o problema, mas também é possível que a Microsoft desenvolva um bloqueio mais restritivo ainda.

Queremos saber sua opinião