Hello World em Kotlin: A linguagem que substituirá o Java no Android

OK, o título pode ter ficado meio dramático. O Java não será substituído em um futuro próximo mas tudo indica que a nova linguagem Kotlin virá com força total.

Muitos dizem que ela é tudo que o Java deveria ser! Só o tempo dirá.

Enquanto isso que tal já começar com o bom e velho “Alô, Mundo!” ou “Hello, World!” (para os que gostam de inglês)?

Comecemos então com a versão mais simples possível:

package meu.programa 
fun main(args : Array<String>) { 
  println("Hello, world!") 
}

Observações sobre o exemplo acima:

  • Na linha 1 o package header é opcional.
  • Então declaramos a função main usando a palavra-chave fun no nível do package que recebe como parâmetro um Array de strings.
  • Quando uma função não precisa retornar nada, ela por padrão retorna o tipo Unit, ou seja é opcional.
  • Outra coisa opcional é o ponto e vírgula. Eu particularmente gosto dos “;”.

Se você salvar o arquivo com o código acima com o nome “Principal.kt”, por exemplo, o JMV irá compilar como um método estático em uma classe derivada com o nome do arquivo. Nesse caso “meu.programa.PrincipalKt”.

Para alterar o nome do arquivo com as funções top-level para um arquivo específico, é necessário fazer a seguinte anotação no início do arquivo:

@file:JvmName("MeuApp")

Dessa forma a classe rodará como: “meu.programa.MeuApp”.

E aí? Gostaram?

Queremos saber sua opinião