5 dicas para se tornar um desenvolvedor de Python

A linguagem Python foi criada em 1991 por Guido van Rossum e, ao contrário do que muita gente pensa, seu nome não foi inspirado na serpente homônima, mas no grupo de humor inglês Monty Python.

Nos últimos quinze anos, a linguagem evoluiu e cresceu em popularidade, estando sempre presente entre as 10 mais utilizadas no mundo, de acordo com o Índice Tiobe anual. Ela é considerada por muitos mais amigável para o programador, mais leve em seu consumo de memória e com uma performance superior em vários casos. Não por acaso, Python é adotado em larga escala nos bastidores da Wikipedia, Google, Yahoo e NASA. Toda a plataforma Reddit roda em cima do poder da linguagem e o Raspberry Pi a adota como linguagem padrão de desenvolvimento.

Embora esse artigo não tenha a pretensão de ensinar a você como programar em Python, nosso objetivo é apontar a direção certa para mergulhar de cabeça na linguagem.

1) Introdução ao Python

python-02

Embora aqui mesmo no Código Fonte nós tenhamos uma categoria dedicada ao Python, mas ela é bastante limitada em conteúdo, uma falha que esperamos que esse artigo possa corrigir.

Então, o caminho mais óbvio para dar os passos iniciais na linguagem é através do site oficial administrado pela Python Software Foundation, uma entidade sem fins lucrativos que preza pela evolução e pela disseminação da linguagem de código aberto. No endereço é possível encontrar um guia prático para iniciantes, com indicação de como baixar e instalar o ambiente necessário para aprender, dicas de ferramentas outras informações, incluindo um tutorial introdutório dividido em diversas partes.

O site PythonGuru traz um passo a passo de tutoriais altamente recomendado para iniciantes.

É possível também pular etapas e ir direto para toda a documentação técnica oficial da plataforma. De qualquer forma, é necessário ter conhecimento de inglês, como acontece na maioria dos casos para quem deseja aprender uma linguagem de programação.

Uma boa alternativa para quem não domina o idioma original pode ser encontrada no site Programe em Python, com ótimo material para quem está começando e para quem já está em estados mais avançados.

2) Cursos Online Econômicos

Quer você seja um autodidata ou não, um bom curso pode ajudar a iniciar sua caminhada em uma nova caminhada, afiar os conhecimentos que você já tem ou mesmo ensinar truques e meandros da linguagem que você não havia percebido. Em muitos casos, nem precisa gastar muito dinheiro:

3) Ferramentas

python-03

A ferramenta certa para a tarefa certa é fundamental para se aventurar em uma nova linguagem de programação. Felizmente, já existe todo um ecossistema de programas focados para desenvolvedores de Python:

  • Idle :   Esse é o editor básico que vem com a instalação do próprio Python. Gratuito.
  • Komodo-Edit : Um dos mais populares editores para a linguagem, rico em recursos para desenvolvedores. Pago, com versão de testes.
  • Wing : Um dos mais poderosos e elogiados IDEs do mercado. Com versões gratuita e profissional.
  • NINJA-IDE : IDE multiplataforma com suporte a Python. Gratuito.
  • PyCharm : IDE profissional dotada de um conjunto de ferramentas úteis para agilizar o desenvolvimento. Pago.
  • SPE : IDE desenvolvido com wxPython, com funcionalidades poderosas. Gratuito.
  • Spyder 2 : Ambiente de desenvolvimento criado especificamente para programadores Python. Gratuito.
  • Eric4 : Um dos mais completos IDEs não-comerciais disponíveis no mercado. Gratuito.
  • DrPython : Editor de texto criado com wxPython para ser utilizado em escolas. Gratuito.
  • IPython : Shell em modo texto com recursos poderosos, que pode ser incorporada em projetos. Gratuito.
  • KDevelop :  IDE para GNU/Linux e outros, com suporte a Python. Gratuito.
  • PythonCard :  Kit de desenvolvimento de GUI para aplicações multiplataforma em Windows, Mac OS X e Linux, usando a linguagem de programação Python. Gratuito.
  • PyPE : Editor Python, leve, prático e rico em recursos e multiplataforma. Gratuito.
  • Rodeo : IDE focada na análise de dados. Gratuito.
  • Iron Python : Implementação da linguagem Python para o framework .NET que permite integração com o Visual Studio, da Microsoft, e outros IDEs. Gratuito.
  • Pillow : Biblioteca de manipulação de imagens para Python. Gratuito.
  • Refactoring Bycicle Repair Man : Ferramenta de automação de refactoring para Python. Gratuito.
  • Rope : Biblioteca de refactoring para Python. Gratuito.
  • PyInstaller : Instalador de aplicações criadas em Python. Gratuito.
  • Gooey: Converte aplicações em texto para interface gráfica. Gratuito.
  • Pyrasite : Ferramenta que permite injeção de código em processos Python. Gratuito.
  • Pandas : Biblioteca de análise de dados para Python. Gratuito.
  • Arrow : Biblioteca de conversão, criação e manipulação de datas. Gratuito.
  • Beautiful Soup : Biblioteca de produtividade para extração de dados. Gratuito.
  • Apache Libcloud : Biblioteca que permite conexão com a API de diversos serviços de nuvem. Gratuito.

4) Livros Recomendados

Ninguém tem um computador na cabeça e um bom livro sobre uma linguagem de programação pode funcionar tanto como uma fonte inicial de aprendizado, como uma constante fonte de referência. Confira nossa lista de recomendações para Python:

5) Comunidades de Desenvolvedores

python

Interagir com a comunidade de desenvolvedores que já tem experiência na linguagem ou com outros iniciantes com as mesmas dúvidas e descobertas também é um caminho fundamental para aprender sobre Python, além de uma ótima oportunidade de estabelecer laços profissionais e pessoais duradouros. Confira algumas das melhores comunidades relacionadas a Python na web:

Queremos saber sua opinião