5 dicas para se tornar um desenvolvedor de PHP

Essa é uma linguagem que não ganha concursos, que não é a mais inovadora e ainda é olhada com desdém por muitos: PHP. Mas ela é o combustível de muitos servidores e está por trás da maioria dos sites que você visita, incluindo esse atualmente.

Criada em 1994, por Rasmus Lerdorf, originalmente seu nome significava Personal Home Page, o que destaca sua função primária: uma linguagem de programação para a web. Como uma das mais requisitadas no mercado de trabalho, aprender seus meandros é requisito essencial para quem quer conquistar uma vaga em desenvolvimento para a internet.

Embora esse artigo não tenha a pretensão de ensinar a você como programar em PHP, nosso objetivo é apontar a direção certa para mergulhar de cabeça na linguagem.

1) Introdução ao PHP

php-programmer

Embora aqui mesmo no Código Fonte nós tenhamos uma categoria dedicada ao PHP, é difícil encontrar um ponto de partida para quem está começando em meio a tantas dicas avançadas e tutoriais para casos específicos.

O ponto inicial mais óbvio para começar a entender o PHP é o próprio manual oficial da linguagem administrado pelo PHP Group, disponível em Português e muito bem explicado.  Além de oferecer informação constantemente atualizado de acordo com a versão vigente da linguagem, o site oficial também oferece ferramentas para download, códigos e funciona como um ponto central de atividades para toda a comunidade de programadores.

Para quem deseja uma visão bem rápida e geral do PHP, o site da Devmedia tem uma excelente introdução que oferece uma pincelada, também em Português, dos princípios básicos da linguagem.

Já aqueles que possuem um bom domínio do Inglês (recomendado para aprender qualquer linguagem de programação), uma boa dica para começar a entender o PHP está no detalhado tutorial da W3Schools. Não é tão completo quanto o manual oficial, mas é apresentado de uma forma mais didática.

2) Cursos Online Econômicos

Quer você seja um autodidata ou não, um bom curso pode ajudar a iniciar sua caminhada em uma nova caminhada, afiar os conhecimentos que você já tem ou mesmo ensinar truques e meandros da linguagem que você não havia percebido. Em muitos casos, nem precisa gastar muito dinheiro:

3) Ferramentas

php-tools

A ferramenta certa para a tarefa certa é fundamental para se aventurar em uma nova linguagem de programação. Felizmente, já existe todo um ecossistema de programas focados para desenvolvedores de PHP:

  • Netbeans: IDE mais popular do mercado para PHP, originalmente criado para Java, mas evoluiu com o tempo. Gratuito.
  • phpDesigner 8: IDE com suporte a HTML, CSS3, JavaScript e outros recursos. Gratuito.
  • PHP Storm: IDE focado no desenvolvimento de PHP. Pago.
  • Zend Studio: IDE profissional para desenvolvimento de aplicações em PHP. Pago.
  • PHP Tools for Visual Studio: Extensão para o IDE da Microsoft que oferece suporte à linguagem PHP. Pago.
  • PHP CPP: Biblioteca em C++ para desenvolvimento de extensões PHP. Gratuito.
  • Mink: Navegador que simula aplicações web rodando localmente como se estivesse na internet. Gratuito.
  • NuSphere: Editor de código PHP com suporte a Perl, integração com MySQL, HTML e outros recursos. Pago.
  • Sublimetext: Editor de código multi-função com suporte a diversas linguagens, incluindo PHP. Pago.
  • Belt: Pacote de funções PHP que podem ser utilizadas em qualquer projeto. Gratuito.
  • PHP Debug Bar: Ferramenta de debug que pode ser integrada ao seu projeto. Gratuito.
  • MacGDBp: Ferramenta de debug para MacOS. Gratuito.
  • Plates PHP: Sistema de templates para PHP, fácil de usar e extensível. Gratuito.
  • Pinba: Simulador de performance de banco de dados MySQL em tempo real, para detectar falhas na aplicação. Gratuito.
  • Guzzle PHP: Cliente HTTP para integração de serviços web. Gratuito.
  • Directus: Gerenciador de conteúdo integrado com MySQL e PHP. Gratuito.
  • The Prettifier: Ferramenta que formata códigos de diversas linguagens de programação e oferece dicas de sintaxe. Gratuito.
  • Twig: Motor de templates para PHP. Gratuito.

4) Livros Recomendados

php-elephant

Ninguém tem um computador na cabeça e um bom livro sobre uma linguagem de programação pode funcionar tanto como uma fonte inicial de aprendizado, como uma constante fonte de referência. Confira nossa lista de recomendações para PHP:

5) Comunidades de Desenvolvedores

Interagir com a comunidade de desenvolvedores que já tem experiência na linguagem ou com outros iniciantes com as mesmas dúvidas e descobertas também é um caminho fundamental para aprender sobre Swift, além de uma ótima oportunidade de estabelecer laços profissionais e pessoais duradouros. Confira algumas das melhores comunidades relacionadas a PHP na web:

Queremos saber sua opinião