5 dicas para se tornar um desenvolvedor de Google Go

Quando o Índice Tiobe apontou o Google Go como a linguagem de programação de 2016, muita gente foi pega de surpresa.

Google Go foi criada em 2009 e em apenas sete anos subiu ao topo das linguagens mais requisitadas, sendo aplicada no Facebook, no SoundCloud, nos sites oficiais da BBC e do governo do Reino Unido.

Seus autores são três funcionários do Google, Robert Griesemer, Rob Pike e Ken Thompson. Segundo eles, “Go é uma tentativa de combinar a facilidade de programação de uma linguagem interpretada, dinâmica com a a eficiência e a segurança de uma linguagem compilada estática”. Embora esse artigo não tenha a pretensão de ensinar a você como programar em Go, nosso objetivo é apontar a direção certa para mergulhar de cabeça na linguagem.

1) Introdução a Go

google-go-02

O ponto inicial para começar a entender a Go é no próprio site oficial. Lá será possível obter toda a documentação oficial e os binários necessários para se desenvolver com a linguagem. O endereço até mesmo conta com um editor simplificado e alguns exemplos bem práticos para dar os primeiros passos, desde o tradicional “Hello, World” até uma função para calcular o valor de Pi e demonstrar a capacidade da linguagem de lidar com números grandes em processos concorrentes.

Se o inglês não está tão afiado assim, existe um endereço que é praticamente uma réplica do site oficial, mas com quase tudo traduzido para o Português: Golang Brasil. Encarnando o espírito do projeto, o próprio site está em código-aberto disponível no Github e qualquer um pode ajudar a dar manutenção.

Uma outra boa recomendação é fazer essa turnê introdutória da linguagem Go.

2) Cursos Online Econômicos

Quer você seja um autodidata ou não, um bom curso pode ajudar a iniciar sua caminhada em uma nova caminhada, afiar os conhecimentos que você já tem ou mesmo ensinar truques e meandros da linguagem que você não havia percebido. Em muitos casos, nem precisa gastar muito dinheiro:

3) Ferramentas

google-go-03

A ferramenta certa para a tarefa certa é fundamental para se aventurar em uma nova linguagem de programação. Felizmente, a maioria das tradicionais IDEs e editores de texto já contam com plugins ou suporte nativo para lidar com Go:

Além destas opções, existem IDEs que funcionam diretamente na nuvem e oferecem suporte nativo à linguagem Go:

4) Livros Recomendados

google-go-04

Ninguém tem um computador na cabeça e um bom livro sobre uma linguagem de programação pode funcionar tanto como uma fonte inicial de aprendizado, como uma constante fonte de referência. Confira nossa lista de recomendações para Go:

5) Comunidades de Desenvolvedores

Interagir com a comunidade de desenvolvedores que já tem experiência na linguagem ou com outros iniciantes com as mesmas dúvidas e descobertas também é um caminho fundamental para aprender sobre Go, além de uma ótima oportunidade de estabelecer laços profissionais e pessoais duradouros. Confira algumas das melhores comunidades relacionadas a Go na web:

Queremos saber sua opinião